Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Últimas Notícias > Preferência por hospedagem em imóveis alugados cresce entre turistas de Porto Alegre
Início do conteúdo da página

Preferência por hospedagem em imóveis alugados cresce entre turistas de Porto Alegre

Índice é o maior entre as capitais acompanhadas por estudo do Ministério do Turismo, sendo a opção de 22,7% dos entrevistados

  • Publicado: Sexta, 05 de Agosto de 2016, 18h25
  • Última atualização em Segunda, 08 de Agosto de 2016, 20h37


Porto Alegre. Crédito: Embratur

Por Lívia Nascimento

Os turistas de Porto Alegre serão os que mais deverão utilizar o aluguel de imóvel como forma de hospedagem. Ao todo, 22,7% dos entrevistados pela Sondagem do Consumidor – Intenção de Viagem, encomendado pelo Ministério do Turismo, informaram esse interesse. O índice é o maior entre as capitais monitoradas pelo estudo e o dobro da segunda colocada, a cidade do Rio de Janeiro, com 9,6%. Neste quesito, foi observado um aumento de cerca de 20 pontos percentuais em relação a dezembro de 2014 (2,9%). No entanto, a principal forma de hospedagem deve continuar sendo em hotéis e pousadas (41,2%).

Os porto-alegrenses lideram também o ranking da intenção de realizar a próxima viagem de carro (67,8%), seguido pelo avião (25,9%) e outros – motor home, moto, navio –, com 5,3%. Apenas 1% dos entrevistados informaram a intenção de realizar a próxima viagem de ônibus.

Ainda segundo o estudo, 77,6% dos turistas de Porto Alegre deverão optar por destinos nacionais nas próximas viagens. Destes, 64,6% dos turistas que irão viajar pelo Brasil pretendem visitar outras regiões, enquanto 35,1% farão turismo dentro do próprio estado.

SONDAGEM NACIONAL – De acordo com o estudo, os destinos nacionais lideram a intenção de viagem de 86,4% dos turistas brasileiros que demonstraram intenção de viajar nos próximos seis meses. O índice é o maior dos últimos 10 anos. Para os viajantes, as regiões Nordeste (36,9%) e Sudeste (36,8%) serão as mais procuradas, seguidas do Sul (17,3%), Centro-Oeste (6,4%) e Norte (2,6%).

Os turistas com até 35 anos são os que mais demonstraram interesse pelas belezas brasileiras, com 88,9% da intenção. Logo atrás aparecem os viajantes entre 35 e 60 anos (82,7%) e com mais de 60 anos (70%).

“O brasileiro está cada vez mais interessado em conhecer as belezas e encantos do nosso país e esse estudo comprova essa tendência que vem sendo liderada pelos os mais jovens. Eles estão redescobrindo o Brasil e isso deve ser celebrado ”, avalia o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves.

ESTUDO – A Sondagem do Consumidor – Intenção de Viagem é realizada todos os meses com duas mil pessoas em Belo Horizonte, Brasília, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo. Juntas, as sete capitais brasileiras monitoradas representam 70% do fluxo turístico do Brasil.

Ouça áudio / download (mp3) em que o ministro Henrique Eduardo Alves incentiva a realização de viagens pelo país e frisa a importância econômica do turismo.

 

< ACESSE TODAS AS NOTÍCIAS


registrado em:
Fim do conteúdo da página