Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Últimas Notícias > Cresce visitação a parques temáticos e aquáticos no Brasil
Início do conteúdo da página

Cresce visitação a parques temáticos e aquáticos no Brasil

Setor segue na contramão da crise e algumas empresas registram crescimento de até 18%

  • Publicado: Sexta, 09 de Setembro de 2016, 17h38
  • Última atualização em Sexta, 09 de Setembro de 2016, 17h38

 Por Gustavo Henrique Braga


Castelo das Nações no Beto Carrero World. Crédito: Divulgação do Parque

O setor de parques temáticos e aquáticos está em alta no Brasil. É o que mostram os números que, em alguns casos, registram crescimento de até 18% nos primeiros meses de 2016. Dados obtidos pela Agência de Notícias do Turismo mostram que os empresários do setor estão otimistas e apostam em fechar o ano na contramão de outras áreas da economia.

Alain Baldacci, presidente do Sistema Integrado de Parques e Atrações Turísticas (Sindepat), reforça que apesar do momento econômico, o segmento manteve os níveis de visitação de anos anteriores e, em alguns casos, teve aumentos expressivos. “Com a chegada do verão é esperado um aumento de movimento nos parques aquáticos. O Wet n`Wild, por exemplo, registrou 5% de crescimento no número de visitantes de janeiro a julho de 2016, na comparação com igual período de 2015”, afirmou.

Um fator positivo para os próximos meses, de acordo com Baldacci é o fortalecimento da imagem do país no exterior devido ao sucesso dos Jogos Olímpicos rio 2016. “Isso certamente terá reflexo na visitação dos parques, especialmente de turistas de países vizinhos como a Argentina”, complementou.

O Beto Carrero World, em Penha (SC), aposta no segundo ano consecutivo de crescimento acima da média da economia nacional. De 2014 para 2015 o parque teve crescimento de 10% em público, totalizando 2,1 milhões de visitantes. Eleito este ano como melhor parque entre os 25 melhores da América do Sul segundo o site TripAdvisor, o parque aposta que vai manter o crescimento de 10% este ano. Para os próximos anos, o Beto Carrero planeja investimentos de cerca de R$ 60 milhões em duas novas áreas temáticas.

“O Brasil tem muito potencial no segmento de parques temáticos e aquáticos e os números de aumento de visitantes comprova isso. Precisamos apoiar o setor para impulsionar ainda mais essa vocação e estimular o aumento do turismo doméstico com essas atrações”, disse o ministro interino do Turismo, Alberto Alves.


Atrativo no Alpen Park. Crédito: Divulgação do Parque


O Alpen Park, em Canela (RS) registra aumento ainda maior de público: 18% de janeiro a agosto, quando comparado a igual período de 2015. A expectativa dos administradores do parque é de manter este percentual para o resultado consolidado até o fim de 2016. Para isso, já investiu R$ 300 mil na modernização dos atrativos este ano.

Já o Snowland, em Gramado (RS), registrou crescimento de 5% nos primeiros sete meses do ano em relação a igual período de 2015. No mesmo período o parque investiu R$ 2,2 milhões em infraestrutura. A expectativa é de uma visitação de 370 mil pessoas em 2016.

RECONHECIMENTO -  O Brasil é considerado uma referência internacional no setor de parques temáticos, com representantes nacionais nas listas de melhores do mundo. Segundo o site especializado TripAdvisor, o Beto Carrero lidera a lista dos melhores parques da América do Sul, seguido pelo Beach Park, no Ceará, e pelo Hot Park, em Goiás, na segunda e terceira posição, respectivamente. Entre as 10 primeiras posições, nove são ocupadas por estabelecimentos brasileiros. O Beto Carrero aparece ainda entre os 10 melhores parques do mundo.

Para aproveitar todo este potencial, representantes da Embratur se reuniram no fim de agosto com empresários do setor de parques temáticos. Na ocasião se comprometeram a trabalhar em conjunto para a promoção dos parques brasileiros no exterior.

registrado em:
Fim do conteúdo da página